aquarium906x150

Nacional: O Porteiro do Dia

“Podemos ver “O porteiro do dia” como uma produção de classe média, com seus próprios anseios e a reivindicação por uma vivência da sexualidade livre, desprendida e sem culpa.
Deste modo, o filme indiretamente problematiza estas relações que estão presentes desde que o mundo é mundo, mas não se responsabiliza por subjetividades de outro tipo de construção, como as de Márcio.
Na comédia, o filme consegue invisibilizar mais ainda este pai de família. O filme nos tira do chão, rimos em muitos momentos, e rir também é cumplicidade e reconhecimento; sendo assim, assinamos o atestado de culpa e já não temos como voltar atrás”. (Revista Janela).
Se você quiser ir logo para a cena de sexo, ela começa a partir do minuto 10:00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *